A Cardiologia Nuclear representa uma parte significativa da actividade em Medicina Nuclear convencional.
No contexto da Pandemia pelo SARS-COV-2, foram criadas novas orientações para a Cardiologia Nuclear.
Em colaboração com a GE, a ATARP leva até si uma sessão onde são abordadas essas novas orientações.
Serão ainda focados os aspetos práticos a considerar para a utilização de Regadenosona como agente de estimulação farmacológica na cintigrafia de perfusão do miocárdio.